aplatkaki
Sukayraji Tijani Library --> Tijaniyya books in Portuguese--> Book: Várias informações sobre o tariqa tijaniyya e os discípulos Tijanis --> 17
Copyright Cheikh-skiredj.com All Rights Reserved

advanced search
Books constituting the library
Tijanis books in foreign languages
Buying Books
CONTRA O COLONIALISMO INVASOR
Os colonialistas franceses ameaçavam avançar para os seus territórios, Omar situou corpos de cavalaria colocados nas fronteiras de seus domínios para a travagem.
Em 1857 ele assumiu o reino de Khass, e bem à frente dos europeus.
Sitiaram o Forte Medina dos gauleses, mas teve que levantar-lo ao alcançar Luis Faidherbe, Governador Geral do Senegal, com os esforços.
A disputa com os franceses caracterizava-se por ver quem podia controlar primeiro a região da bacia do Níger.
O Hadj Omar atacou o oeste, atacou ao oeste, tentou deslocar os gauleses de Futa Toro, mas não contava com artilharia para derrotar-los e se conformou com criar uma espécie de marca limítrofe para frear seu avanço e assim rechaçar as colunas de exploração rivais.
Por um tempo, os franceses não se atreveram a cruzar o Mali, preocupados pela efetividade e disciplina exibidas pelos anfitriões em Tukulor.
Voltando ao leste, Omar, em busca de criar uma frente comum contra os invasores europeus, decidiu conquistar os reinos bambaras de Kaarta e Segú, que dominavam os bancos médios do Níger, e foram cobiçados pelos francos que vieram também da Argélia ao norte.
Estes estados caíram sem muita oposição ante a orientação dos Mujahidines Tukulor em 1861.
O líder dirigiu depois suas legiões contra o emirado de Macina, que tinha relações com os colonialistas franceses.
A campanha foi longa, depois de sangrentas batalhas, onde caíram 70.000 combatentes, incluindo a vitória decisiva de Taayawal, conseguiu levar o estado estratégico em 1862.
Em 1863, com a captura do emblemático Tombuctú, completou o vasto Império Tukulor, que abrangeu territórios de várias das atuais repúblicas africanas: o sudoeste do Senegal, quase toda Guinea e Burkina Faso, a maior parte do Mali, zonas do oeste do Níger e o norte de Benin e da Nigéria.
Omar foi um organizador, nos períodos de trégua, mesmo lutando aplicava sua elevada sabedoria para estabelecer uma legislação uniforme em suas possessões, baseadas na Sharia Islâmica. Exigia que os juízes fossem justos e que o sistema de impostos funcionaria e se aplicaria segundo as possibilidades dos contribuintes, medidas tão extremas para proteger o comércio trans-saariano, o que beneficiou as prósperas cidades do império e estimulou as produções locais de artesanato.

divers-tijania-portuguese
 


Next

1• SHAYKH AHMAD SUKAYRIJ

2• XEQUE AHMAD TIJANI (O FUNDADOR DA TARIQA TIJANIYYAH)

3• KHALIFA AL-AKBAR, SIDI ALI HARAZIM AL BARADA

4• AL-QUTB SIDI AL-HAJJ ALI IBN ‘ISA TAMASINI

5• AL-MUQADDAM AL-SHARIF, SIDI MUHAMMAD AL-GHALI ABU TALIB AL-TIJANI AL-HASSANI

6• SIDI MUHAMMAD AL-HAFIZ AL-SHINQITI

7• SHAYKH AL-ISLAM IBRAHIM AL-RIYAHI

8•

9•

10•

11•

12• HAYKH SIDI MUHAMMAD AL-ARABI BIN AL-SAIH

13• SIDI AHMAD AL-ABDALAWI

14•

15• AL HAJJ UMAR TALL

16•

17•

18•

   
   
   
   المكتبة السكيرجية التجانية: Bibliotheque tidjani Bookmark and Share
| الواجهة الرئيسية للموقع | version française du site | المكتبة السكيرجية التجانية | اقتناء الكتب | Contact للاتصال | 9 Languages

       أنجز بحمد الله و حسن عونه العميم، و لا حول و لا قوة إلا بالله العلي العظيم، نسأله سبحانه أن يجعل إجازته القبول . و النظر في وجه الرسول. عليه أتم صلاة و سلام. و على آله و أصحابه الكرام. ما بقي للدوام دوام